44350038961 3f1d5145ff zA 75ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea) reuniu, de 21 a 24 de agosto, cerca de 3 mil profissionais da área tecnológica nacional, entre Engenheiros, Agrônomos, Meteorologistas, Geólogos e Geógrafos. Com o tema Engenharia e Ética na Reconstrução do Brasil,

o evento proporcionou radiografias das áreas em que estes profissionais atuam, além de permitir a troca de experiências e de soluções para questões comuns.

Foram promovidos minicursos, palestras e seminários, ministrados por palestrantes de todo o Brasil, que abordaram assuntos da atualidade da Engenharia, envolvendo a questão tecnológica e econômica. A abordagem principal visava responder a questões como: O que a Engenharia poderá fazer pelo Brasil? O que os cidadãos-profissionais poderão fazer pela Engenharia? O que a ética poderá fazer pelos cidadãos-profissionais? Afinal, o que se entende por reconstrução do Brasil?

Assinada pelo colegiado das entidades nacionais que integram o Sistema Confea/Crea, a Carta de Maceió destacou ainda o deliberado desmonte da economia nacional e do patrimônio público, defendendo que é necessário que o Brasil preserve a democracia e reencontre o seu destino.

Do Rio Grande do Sul, mais de 100 profissionais participaram da programação e ajudaram a lotar auditórios e salas com temas como inteligência artificial, Indústria 4.0, equidade de gênero, submarino nuclear brasileiro, Tecnologia Bim, assistência técnica e crédito rural, meio ambiente, saneamento, mineração e acessibilidade. O debate promovido tinha como objetivo a busca de soluções para a retomada do crescimento do país por meio da valorização das profissões do Sistema Confea/Crea.

Em ano de eleição, a Soea promoveu ainda discussões políticas, considerando que uma das áreas mais afetadas no desenvolvimento socioeconômico é a infraestrutura, que diz respeito diretamente às profissões da área tecnológica.

Já na abertura do evento, o Eng. Civil Joel Kruger, presidente do Confea, deixou claro no seu discurso que a instituição não ficará omissa com relação à desvalorização profissional. “O papel do Confea é manter o diálogo com os diversos órgãos do governo e outras instituições, se posicionando sempre contra a desvalorização profissional ou os desmontes de patrimônios nacionais como a privatização da Eletrobras”, apontou.

Na bagagem de volta para casa, os profissionais levaram a reflexão do papel da Engenharia como protagonista de uma mudança no país, que vive tempo de incertezas, especialmente nos campos político, social e econômico. A edição de 2019 da Semana será realizada em Palmas (TO).

29414104947 5e22fbbf2d z43443457905 7367028bf5 zFOTO01